Um pouquinho de tudo que me chama atenção.

Um pouquinho de tudo que me chama atenção.
sempre buscando novidades para voçê..

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Faça vc mesma...

Que idéia original:
Um Belo "faça vc mesma!
Marcadores de   páginas....


Visto aqui:http://mamaskram.blogspot.com.br/

tree sitting
Um bom dia cheinho de coisas boas!Bjos e fiquem na paz!

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Guirlanda de rolinhos de papel....Faça vc mesma!

Gente...achei um charme essa guirlanda,Prática e Fácil de fazer!
...Me inspirei....Bora que tá chegando o dia !
Guirlanda de natal com  reciclagem de rolinhos de papel higiênico
Visto aqui:http://www.viladoartesao.com

Aquele que procura um amigo sem defeitos,acaba sem amigos!
Descrição:
                                                          Descrição:
                                                          Descrição:
                                                          cid:ii_1331581878_810218596
Bjos e fiquem na paz!



quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Faça vc Mesma(Cabeçeira de cama Reciclável)!

Descobrindo maravilhas por aí...essa linda cabeçeira de cama!
...E o custo bem leve....!

Visto aqui...todo o passo á passo...
http://blog.camicado.com.

Bjos e fiquem na paz!

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Faça vc mesma:Mimos para o natal

Já postando isso?!...Já sim senhora...melhor fazer agora
do que em cima da hora....Então maõs á obra!
Enfeites para sua Árvore


Técnica interessante e fácil de fazer:
Linha, cola, bexiga (bola de soprar, balão)...
Depois de seca, estoura a bola. Podemos inserir algum pequeno objeto no balão... quando estourado, o objeto permanecerá dentro da bola de linhas.
Esta ideia pode ser utilizada no Natal! :)

Fonte:
http://news.holidash.com/2010/12/20/balloon-and-string-ornaments-simple-diy/

Mais lembrançinhas e kit para presentear!

De Papel..lindinho!


Garrafas de Vinho em  manga de camisa de Lã!

Presente para Homem...





Rolinhos de papel.....





Foto: para quem gosta de ler na cama um "travesseiro de leitura" fica mais confortável
Almofada para livros..


Fundo de garrafa pet viram flôres para enfeitar para o natal!


Copinhos descartáveis...use os usados ....
(lavados)!


Amei isso!

Super,Hiper original...


Lata reciclável..


Arranjos natalinos de feltro e botões..


De rolinhos de Papel...


latas de conserva, viram presentes no Natal :)
http://amorentokiodelices.blogspot.pt/2011_12_01_archive.html
-----------------------------------------------------------------------
Homenagem ao dia de Finados!

O NASCER PARA O CÉU...

Há quem morra todos os dias.
Morre no orgulho, na ignorância, na fraqueza.
Morre um dia, mas nasce outro.
Morre a semente, mas nasce a flor.
Morre o homem para o mundo, mas nasce para Deus.

Assim, em toda morte, deve haver uma nova vida.
Esta é a esperança do ser humano que crê em Deus.
Triste é ver gente morrendo por antecipação...
De desgosto, de tristeza, de solidão.
Pessoas fumando, bebendo, acabando com a vida.
Essa gente empurrando a vida.
Gritando, perdendo-se.
Gente que vai morrendo um pouco, a cada dia que passa.

E a lembrança de nossos mortos, despertando, em nós, o desejo de abraçá-los outra vez.
Essa vontade de rasgar o infinito para descobri-los.
De retroceder no tempo e segurar a vida.
Ausência: - porque não há formas para se tocar.
Presença: - porque se pode sentir.
Essa lágrima cristalizada, distante e intocável.
Essa saudade machucando o coração.
Esse infinito rolando sobre a nossa pequenez.
Esse céu azul e misterioso.

Ah! Aqueles que já partiram!
Aqueles que viveram entre nós.
Que encheram de sorrisos e de paz a nossa vida.
Foram para o além deixando este vazio inconsolável.
Que a gente, às vezes, disfarça para esquecer.
Deles guardamos até os mais simples gestos.

Sentimos, quando mergulhados em oração, o ruído de seus passos e o som de suas vozes.
A lembrança dos dias alegres.
Daquela mão nos amparando.
Daquela lágrima que vimos correr.
Da vontade de ficar quando era hora de partir.
Essa vontade de rever aquele rosto.
Esse arrependimento de não ter dado maiores alegrias.
Essa prece que diz tudo.
Esse soluço que morre na garganta...

E...
Há tanta gente morrendo a cada dia, sem partir.
Esta saudade do tamanho do infinito caindo sobre nós.
Esta lembrança dos que já foram para a eternidade.
Meu Deus!
Que ausência tão cheia de presença!
Que morte tão cheia de esperança e de vida!

Texto: Padre Juca
 — com Marly AndradeRegina Carozelli e Roberta Faria.

Bjos e fiquem na paz!